PF cumpre mandados em investigação contra candidata que fraudou contas

A coleta de material tem objetivo de subsidiar apuração contra candidata a deputada estadual

0 110

A PF (Polícia Federal) foi às ruas de Campo Grande nesta quinta-feira (23) para cumprir três mandados de busca e apreensão expedidos pela 53ª Zona Eleitoral de Campo Grande. A coleta de material tem objetivo de subsidiar investigação contra candidata a deputada estadual que teria fraudado a prestação de contas apresentada à Justiça Eleitoral.

Segundo a PF, a apuração, sob o comando do MPE (Ministério Público Eleitoral), apura infração aos artigos 350 e 354-A do Código Eleitoral.

O primeiro artigo prevê pena de até 5 anos de prisão para quem “omitir, em documento público ou particular, declaração que devia constar, ou nele inserir ou fazer inserir declaração falsa ou diversa da que devia ser escrita, para fins eleitorais”.

O outro artigo se refere a apropriação de “bens, recursos ou valores destinados ao financiamento eleitoral, em proveito próprio ou alheio”, estratégia também conhecida pelo uso de laranjas para financiar campanhas. Neste caso, a investigada pode pegar de 2 a 6 anos de reclusão.

A Polícia Federal não deu nome, endereços e nem informou se divulgará mais detalhes mais tarde.

 

Campo Grande News

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.