Morte de homem em incêndio em Goioerê pode ter motivação passional, diz polícia

Homicídio aconteceu na sexta-feira (5) quando a vítima foi espancada e em seguida teve sua residência incendiada

0 12

Uma das linhas de investigação adotada pela equipe da Polícia Civil de Goioerê no caso da morte de José da Silva, de 56 anos, conhecido como Zezinho, que morreu dentro de uma casa incendiada na noite da última sexta-feira (5) é a de que o crime possa ter sido passional.

Essa linha de investigação parte do depoimento da esposa de Zezinho, que afirmou que três pessoas chegaram na casa procurando pela vítima, um dos homens teria dito para Zezinho: “Agora você vai ver o que dá mexer com mulher de homem sério”. A mulher disse ter consciência que o marido a traía. Os homens estaria com capacete de motociclista, o que dificultou a identificação.

Há outras linhas de investigação, que inclusive colocam em cheque a versão contada pela mulher, mas não foram divulgados detalhes, prevalecendo por enquanto a possibilidade de crime passional.

Qualquer informação que possa ajudar na elucidação do crime pode ser repassada para a Delegacia de Polícia Civil de Goioerê, pelo telefone (44) 3522-1137, para a Polícia Militar, pelo telefone 190, ou ainda para o Disque-Denúncia, pelo fone 181. Em todos os casos as informações podem ser repassadas de forma anônima.

Fonte: Com informações Goionews

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.