Itaquiraí-Homem assassinado a tiros era pai de adolescente acusado de homicídio

0 516

Vilmar Fogaça da Silva, de 43 anos, que foi assassinado tiros na manhã desta quinta-feira (13), na cidade de Itaquiraí, era pai do adolescente acusado de ter matado com um tiro na barriga Alyson de Melo Prudente, 30 anos, último dia 27 de maio deste ano.

Vilmar estava dentro de um veículo Reanult Fluence de cor preta, placas de Itaquiraí/MS, estacionado de frente a uma residência, quando foi surpreendido pelos tiros de pistola 9mm.

Ele foi atingido por vários tiros vindo a morrer no local. O carro também ficou cravado pelos tiros.  Próximo do veículo foram encontradas 17 capsulas deflagradas de munição calibre 9mm, ficaram espalhadas na rua. A Polícia Militar isolou o local para a realização dos trabalhos do Perito Criminal e da Polícia Civil.

No bolso de Vilmar os policias encontraram 06 munições intactas, sendo 2 de calibre .357 e 4 de calibre.38, e ainda um aparelho de celular. No momento em que o Perito e polícia civil realizavam os trabalhos na cena do crime, a irmã de Vilmar chegou ao local afirmando que seu irmão estaria portando um revolver calibre .357, que seria o mesmo utilizado pelo filho no homicídio contra Alyson.

Buscas foram realizadas no veículo, porém o suposto revolver não foi localizado. O caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil de Itaquiraí como homicídio simples. A Polícia Civil está investigando o caso, no intuito de identificar e prender o autor ou autores do crime.

Filho acusado de homicídio – De acordo com informações, no dia do crime Alyson foi à casa do adolescente para matá-lo. O motivo seria vingança pelo menor estar envolvido com outro crime.

Ao chegar a casa, o Alyson apontou a arma para o irmão do adolescente que estava no sofá, mas não viu o adolescente que estava atrás da porta. Neste momento o menor atirou vindo a atingir Alyson na barriga.

Mesmo ferido Alyson se dirigiu até o carro, onde fugiu com o amigo que estava esperando. Ele morreu no caminho e então esse amigo abandonou o corpo em uma em uma estrada vicinal, do assentamento Lua Branca  localizado nas proximidades da BR-163, e fugiu até outro assentamento aonde  ateou fogo no veículo Vectra pertencente à Alyson.



Fonte: tanamídianavirai

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.